Comunicação no ambiente de trabalho em startups: por que é importante?

comunicação no ambiente de trabalho3

A comunicação no ambiente de trabalho faz toda a diferença no engajamento da equipe e nos resultados das startups. 

Quanto mais ágil for o dia a dia da empresa, mais eficiente deve ser o fluxo de informação e o diálogo entre as diferentes áreas.

Mas é claro que não é tão simples integrar os colaboradores e acabar com ruídos e mal-entendidos dentro da empresa.

Por isso, vamos ajudar você a melhorar sua comunicação interna e garantir um clima positivo na sua startup.

Continue lendo e coloque nossas dicas em prática. 

O que é comunicação no ambiente de trabalho?

Comunicação no ambiente de trabalho é toda transmissão e compartilhamento de informações que acontece dentro da empresa. 

É a chamada comunicação interna, que tem como público-alvo os colaboradores e abrange ações como comunicados, campanhas de incentivo, feedbacks e reuniões. 

Seu objetivo é manter todos os funcionários bem informados, promover o engajamento e construir uma cultura organizacional sólida, onde todos participam e se envolvem nas metas do negócio.

Para isso, a comunicação deve ser pensada para garantir o acesso à informação, evitar mal entendidos e abrir o diálogo dentro da organização. 

Muito além de emitir comunicados internos, é preciso abrir canais de comunicação diretos e utilizar tecnologias que facilitem a colaboração entre as pessoas.

Dessa forma, a empresa promove o fluxo de informação necessário ao bom andamento do negócio e cria um clima positivo no ambiente de trabalho.

Por isso, é fundamental investir em comunicação interna para ter colaboradores engajados e aumentar a produtividade.

A importância da comunicação no trabalho em startups

Nas startups, a comunicação no ambiente de trabalho merece ainda mais atenção.

Afinal, para que os processos sejam ágeis, é preciso garantir que a informação flua livremente e todos estejam a par dos projetos.

Devemos nos lembrar sempre de que os seres humanos são comunicativos por natureza, e qualquer falha nesse processo pode ser prejudicial para o negócio. 

Frequentemente, o grande desafio é lidar com um grande volume de informação distribuído em uma equipe enxuta, de modo que os colaboradores estejam sempre atentos e participem ativamente de tarefas e decisões. 

Quando há falhas como falta de envolvimento, excesso de informação e mal entendidos, por exemplo, o desempenho da equipe pode ser gravemente afetado.

Pense em uma startup que não se preocupa em garantir uma comunicação clara e integração entre as diferentes áreas. 

Isso acaba com a proposta multidisciplinar e com a aplicação dos métodos ágeis, e ainda afeta a motivação das pessoas.

Quando a comunicação é eficiente, por outro lado, os times trabalham engajados e de forma colaborativa – e conseguem alcançar as metas com muito mais rapidez. 

Além disso, os famosos “silos organizacionais” são superados, criando uma ambiente de trabalho com todas as áreas integradas, um fluxo de ideias contínuo e nenhuma barreira entre os colaboradores. 

5 problemas de comunicação no trabalho (e soluções para eles)

Para melhorar a comunicação no ambiente de trabalho, você precisa conhecer os principais problemas enfrentados nessa área dentro das startups.

Confira as falhas mais comuns e soluções para elas. 

1. Barreiras de comunicação 

Quando há barreiras de comunicação entre diferentes áreas, equipes e níveis hierárquicos, a empresa enfrenta um ciclo vicioso do famoso “telefone sem fio”. 

Isso acontece quando as informações não são centralizadas ou compartilhadas oficialmente entre as equipes.

Então, a mensagem acaba sendo transmitida de maneira informal e vai sendo distorcida a cada conversa nos corredores. 

No final, a informação que chega até a outra ponta é completamente equivocada e pode prejudicar – e muito – o desempenho das equipes, além de gerar mal entendidos sobre os objetivos e prioridades do negócio. 

Como resolver esse problema

Toda startup precisa criar e padronizar processos de comunicação interna para integrar todas as áreas e garantir um fluxo de informação organizado.

Uma solução é centralizar essas informações em canais oficiais da empresa, como plataformas colaborativas, e-mail ou até mesmo um blog interno. 

Além disso, é importante garantir que as pessoas tenham acesso ao mesmo conteúdo, independentemente da área e nível hierárquico – a não ser em caso de informações confidenciais e altamente específicas.

Como as startups costumam se organizar de forma mais horizontal, a tendência é que a informação circule de forma mais transparente. 

Dessa forma, as pessoas sabem exatamente onde se informar e acaba o problema do “telefone sem fio”.

2. Colaboradores que deixam de assumir responsabilidades

Se o colaborador não é supervisionado da forma correta, ele pode acabar esquecendo, deixando de fazer por vontade própria ou passando a demanda para outro que é mais proativo. 

Isso também ocorre por falhas de comunicação da empresa, já que os funcionários mais acomodados tendem a fugir de responsabilidades, enquanto os proativos assumem mais tarefas do que deveriam e acabam sobrecarregados

Qualquer uma das duas situações é péssima e atrapalha muito a produtividade na empresa.

Como resolver esse problema

Em primeiro lugar, você deve ter uma conversa sincera e objetiva, buscando entender o porquê desse comportamento.

Muitas pessoas têm esse tipo de atitude simplesmente porque funciona ao longo do tempo, e ninguém interferiu antes para corrigi-la. 

Talvez elas não conheçam outra forma de se comportar ou talvez escolham esse comportamento achando que será o mais efetivo.

Todos nós somos diferentes e aqui cabe aquele ditado que diz: “Cada cabeça uma sentença”.

Você não sabe o que está passando nos pensamentos do seu colaborador, e a comunicação é a única forma de resolver esse impasse. 

Por isso, escute, escute e escute mais uma vez. 

Então, a partir das razões identificadas, você deverá demonstrar que esse tipo de comportamento não é efetivo e traz muitos incômodos não só para a empresa, mas para todos os colegas de trabalho.

Procure demonstrar de forma assertiva o transtorno causado e exemplos de como superar.

3. Falta de senso de equipe

Sabe quando o colaborador faz apenas aquilo que lhe foi atribuído, seguindo a “lei do mínimo esforço”?

Essa é uma das piores falhas na comunicação no ambiente de trabalho.

Em uma situação assim, o funcionário não apoia os colegas e não atende às solicitações de auxílio – e age assim porque acredita que “se não é trabalho meu, não vou fazer”.

O problema vai além: falta diálogo no time para esclarecer dúvidas ou mesmo para compartilhar novas ideias e possíveis soluções para pensar em conjunto.

Como resolver esse problema

A dica é implementar ferramentas de comunicação para que seu time converse, como a Daily Scrum: uma reunião diária que não dura mais que 15 minutos, onde seu time irá conversar sobre o que já foi feito, o que precisa ser colocado em prática naquele dia.

A conversa também serve para identificar gargalos que estejam impossibilitando o andamento das tarefas e corrigir qualquer divergência

Essa simples medida irá ajudar muito na comunicação do time, pois a reunião pode ser usada para distribuir o trabalho entre várias pessoas conforme o grau de complexidade.

Assim, os colaboradores terão que atuar juntos, colocando em prática o trabalho em equipe e incentivando a comunicação coletiva

Além disso, as pessoas que sentirem maior dificuldade em determinadas tarefas terão o apoio de outro colega que se destaca na função, contribuindo com o conhecimento e aprendizado mútuo. 

4. Líder falha ao reconhecer as mudanças necessárias

Pense em um colaborador que causa intrigas no time e, por qualquer razão, isso acaba atrapalhando todo o desenvolvimento das tarefas.

Se o gestor nada faz a respeito para mudar o cenário, há um problema de liderança.

Este é o momento de tomar uma decisão – e só o líder pode assumir esse papel. 

Ele deve identificar que a falha não é “algo passageiro”, mas um mal que deve ser cortado pela raiz.

Por isso, é preciso agir antes que o comportamento contamine outros colaboradores e gere um efeito cascata por falta de comunicação. 

Como resolver esse problema

Os problemas de comunicação da liderança são resolvidos com treinamento e uma cultura muito clara, que incentive a formação de gestores influenciadores.

Todo líder deve ser um comunicador nato, capaz de identificar as principais falhas e perfis comportamentais dos seus liderados, e, dessa forma, direcioná-los à conduta desejada.

Mais do que dar ordens, um gestor precisa influenciar, guiar e inspirar os colaboradores, além de ser um especialista em comunicação no ambiente de trabalho. 

E lembre-se: dar exemplos de um comportamento positivo é sempre bem-vindo e funciona muito bem. 

5. Fofocas que contaminam o ambiente de trabalho

Fofoca é um tipo de atitude tóxica e extremamente prejudicial para a comunicação no ambiente de trabalho. 

Quando a empresa não possui processos de comunicação claros, o resultado é a circulação de boatos, que são alimentados pela insegurança e até mesmo má-fé de alguns colaboradores. 

Obviamente, a conduta mais correta é jamais passar uma fofoca para frente, mas é muito difícil controlar isso dentro de uma empresa. 

Como resolver esse problema

Mais uma vez, é necessário ter uma conversa clara e objetiva para entender as razões por trás do comportamento inadequado. 

Normalmente, as pessoas que fazem fofoca têm um problema pessoal com a “vítima” do boato.

Nesse caso, a única solução é promover uma conversa franca entre os envolvidos para esclarecer a situação frente a frente.

Também é comum se deparar com colaboradores que fazem da fofoca um padrão comportamental, não importando quem seja a vítima.

Nessa situação, é importante identificar por que essa pessoa insiste na desinformação e o que espera ganhar com essa atitude dentro da empresa. 

Você líder, deverá demonstrar que esse comportamento não é um bom caminho a percorrer, e que existem formas mais maduras e saudáveis de resolver mal-entendidos e desentendimentos. 

Lembrando que uma comunicação centralizada e participativa ajuda a prevenir a fofoca, para além da abordagem individual.

Como melhorar a comunicação interna em startups

Para fechar, vamos listar algumas dicas importantes para melhorar a comunicação interna da sua startup:

  • Conheça melhor seus colaboradores para definir as estratégias de comunicação no ambiente de trabalho (lembre-se: eles são seu público-alvo)
  • Utilize ferramentas como plataformas colaborativas e redes sociais corporativas para conectar todos dentro da empresa e facilitar o fluxo de informação 
  • Forme líderes capazes de inspirar e influenciar colaboradores com suas habilidades de comunicação 
  • Facilite o acesso à informação e quebre as barreiras entre as áreas e níveis hierárquicos, de modo que todos possam trocar ideias entre si
  • Dê feedbacks com frequência e estimule o diálogo entre colegas de equipe
  • Construa uma cultura organizacional pautada no espírito de equipe e mindset colaborativo, em vez de uma cultura rígida e verticalizada
  • Garanta a participação dos colaboradores nas decisões da empresa e pratique a escuta ativa
  • Utilize ferramentas como comunicados internos, revistas, blogs, murais, quadros de avisos, cartazes e redes sociais para diversificar os canais de comunicação no ambiente de trabalho
  • Adeque a mensagem a cada perfil de colaborador 
  • Utilize recursos visuais e interativos para deixar a comunicação mais atrativa, como apresentações, vídeos e infográficos
  • Tenha canais de comunicação diretos para que os colaboradores enviem sugestões, reclamações, denúncias e elogios. 

Gostou das dicas para otimizar sua comunicação no ambiente de trabalho?Então, continue acompanhando nosso blog para mais conteúdos direcionados a startups.

Related Posts

Leave a Reply