Qual a diferença entre lucratividade e rentabilidade?

lucratividade e rentabilidade0

A diferença entre lucratividade e rentabilidade tem que estar muito clara para você, que quer acompanhar de perto a performance financeira da sua startup.

Com esses dois indicadores, você consegue analisar se o negócio está sendo lucrativo e gerando o retorno esperado a partir dos investimentos realizados.

De igual forma, os investidores vão usar as mesmas métricas para decidir se vale a pena ou não aplicar dinheiro na sua empresa.

Então, o melhor a fazer é estar por dentro da diferença entre lucratividade e rentabilidade.

Continue lendo e domine esses conceitos da análise financeira para escalar o seu negócio. 

Diferença entre lucratividade e rentabilidade

A diferença entre lucratividade e rentabilidade é uma dúvida comum entre empreendedores.

Muitos, inclusive, utilizam esses dois indicadores como sinônimos, mas isso pode resultar em erros no diagnóstico financeiro do negócio.

Para evitar esse problema, vamos começar esclarecendo o que significa cada um dos conceitos.

O que é lucratividade?

Lucratividade é um indicador financeiro que revela a capacidade da empresa de gerar lucro.

Ele é medido por meio de um percentual que indica o quanto o negócio realmente ganhou em relação à sua receita depois de subtrair todos os custos.

Quando você olha para o faturamento de uma empresa, está vendo apenas os valores que entraram com as vendas.

Para descobrir quanto dinheiro sobrou de fato para os sócios e acionistas (e investimentos), é preciso descontar todos os custos e despesas envolvidos no negócio.

Entram na conta, por exemplo, aluguel do espaço, folha de pagamento, impostos, comissões, contas de consumo, pagamento de fornecedores, entre outros.

A essa “sobra” chamamos de lucro líquido, que é a base para o cálculo da lucratividade.

Basicamente, esse indicador compara o lucro da empresa com a receita bruta, mostrando o quanto o negócio foi lucrativo em um determinado período. 

O que é rentabilidade?

A rentabilidade também é um indicador financeiro, mas voltado à capacidade da empresa de gerar retorno a partir de investimentos realizados. 

Para calcular esse KPI (Key Performance Indicator, ou Indicador-chave de Desempenho), é preciso comparar os investimentos realizados para abrir a empresa (ou abrir uma nova filial, lançar um novo produto e qualquer projeto do tipo) com os ganhos obtidos.

Da mesma forma que a lucratividade, a rentabilidade utiliza o lucro líquido para apurar os ganhos com o negócio, mas faz a comparação com o dinheiro investido em vez da receita bruta.

Por isso, é um indicador muito usado por investidores para decidir se a empresa é para compor sua carteira de ações. 

Na gestão, os empreendedores usam a rentabilidade para avaliar se vale a pena investir em um projeto (ou equipamento, tecnologia, etc.) ou mensurar o retorno que o negócio está trazendo a partir do capital inicial

Como calcular lucratividade e rentabilidade

Entendida a diferença entre lucratividade e rentabilidade, vamos ao cálculo – que não tem segredo nenhum.

Como vimos, a primeira relaciona o lucro líquido à receita bruta, enquanto a segunda relaciona o lucro líquido aos investimentos realizados. 

Vamos começar pela fórmula da lucratividade:

  • Lucratividade (%) = Lucro líquido / Receita bruta x 100.

Vamos supor que você tenha chegado ao lucro líquido de R$ 10 mil em um período, descontando todos os custos fixos e variáveis do seu faturamento, e que a receita bruta de vendas tenha sido de R$ 40 mil. 

Nesse caso, o cálculo fica assim:

  • Lucratividade (%) = R$ 10.000,00 / R$ 40.000,00 x 100
  • Lucratividade (%) = 0,25 x 100
  • Lucratividade = 25%.

Nesse caso, a lucratividade da empresa no período foi de 25%, o que significa que 25% da receita obtida se transformou em lucro – um excelente resultado.

Agora vamos à fórmula da rentabilidade:

Rentabilidade (%) = Lucro Líquido / Investimentos x 100.

Vamos supor que você tenha investido R$ 50 mil para abrir uma empresa e, após 3 meses, tenha obtido o lucro líquido total de R$ 20 mil. 

O cálculo fica assim:

  • Rentabilidade (%) = R$ 20.000,00 / R$ 50.000,00 x 100 
  • Rentabilidade (%) = 0,4 x 100
  • Rentabilidade = 40%.

Nesse caso, a rentabilidade do investimento foi de 40%, o que seria considerado um resultado altamente positivo, se comparado a outros investimentos de curto prazo. 

Como você pode perceber, é bem diferente medir o quão rentável e o quão lucrativo é um negócio, mas ambos os indicadores são essenciais e se complementam na análise da saúde financeira de uma empresa. 

A importância de lucratividade e rentabilidade para startups

Agora que você sabe a diferença entre lucratividade e rentabilidade, vale entender a importância desses indicadores financeiros para as startups.

A lucratividade, obviamente, é um dos principais termômetros para medir a saúde financeira de um negócio – e não seria diferente com startups e scale-ups.

Mas é preciso ter cuidado, pois muitas empresas inovadoras começam com lucros inexpressivos e têm saltos de crescimento. 

Por isso, é preciso analisar a fundo a relação entre a receita bruta e os lucros e considerar também as projeções de vendas e planejamento financeiro da empresa

Já a rentabilidade é um indicador essencial para mensurar a atratividade da sua startup para investidores.

No mercado financeiro, ele é uma das métricas usadas para avaliar se vale a pena aplicar dinheiro em um negócio. 

Basicamente, os investidores calculam a rentabilidade a partir dos valores injetados no negócio e comparam com outros produtos financeiros para tomar sua decisão. 

Mas, para ter um cálculo relevante, é preciso que a startup já tenha um histórico de investimentos e consiga mensurar o retorno dos aportes no seu lucro. 

Independentemente do estágio da sua startup, é importante que você acompanhe esses dois indicadores e outros KPIs financeiros para entender se está no caminho certo e se a performance está dentro do esperado.

Aqui, na Comece com o Pé Direito, nós ajudamos você a monitorar seus indicadores com um serviço de contabilidade consultiva feito especialmente para startups e uma solução completa de BPO Financeiro.

Esperamos que a diferença entre lucratividade e rentabilidade tenha ficado clara e que você comece a observar essas métricas com atenção. Se precisar de ajuda, fale com a nossa equipe e tenha uma solução personalizada para a sua gestão financeira.

Leave a Reply